16 momentos de Game of Thrones que vais querer relembrar

Há dois anos, mais ou menos, decidi recolher algumas opiniões para determinar o Top 10 dos melhores momentos de Game of Thrones através do Ardinas. 

Claro que desde então já há mais momentos que marcaram e é sempre bom fazer um throwback aos primórdios da série, agora que avançamos para a sétima temporada e é mesmo isso que vai acontecer. O top vai deixar de ser top 10 e não vai estar por ordem de preferência.

 Para quem está a começar a ver agora, não aconselho este artigo… Spoiler Alert!

dragonspoiler.gif

Game of Thrones é uma série que desde o seu primeiro episódio tem vindo a chocar toda a gente que se torna fã dela. Há momentos que ficam na cabeça das pessoas que fazem com que a história se torne cada vez mais importante à medida que os acontecimentos surgem.

1 – Red Wedding: ou Bloody Wedding, também dá

Lembram-se daquela frase que caracteriza tão bem esta série? Era algo como “Não se apeguem às personagens” porque depois acabamos todos desiludidos com cenas destas. E, confessem, não estavam à espera de que um massacre destes acontecesse num casamento…

Este foi arranjado por Walder Frey como vingança, porque Robb Stark quebrou o pacto entre a Casa Stark e a Casa Frey. Durante este massacre, para além de Robb Stark, que é morto por Roose Bolton, também a sua mulher grávida Talisa é morta, assim como a sua mãe, Catelyn Stark.

Há quem ainda não consiga ouvir a música “The Rains of Castamere”, característica deste episódio, sem olhar para trás para confirmar se está tudo bem!

giphy

2 – Morte de Jon Snow: O Traidor #sqn

Sim, todos ficámos em choque com esta cena. Foram muitos os que choraram, os que não acreditaram, os que arranjaram maneiras de o salvar na sexta temporada e os que gritaram um ruidoso “NÃO” quando viram a cena.

Jon Snow, considerado um traidor pela Night’s Watch por se ter aliado aos Wildlings para que, todos juntos, pudessem derrotar os White Walkers, é apunhalado e cai no chão na sua própria poça de sangue.

Por acaso, George R.R. Martin acabou por não matar Jon nesta cena porque a história dele não acaba aqui. Mas será que pode acabar em breve?

giphy (1).gif

3 – Morte de Oberyn Martell: Como ficar sem cabeça em 30 segundos

Pode dizer-se que esta é das piores mortes [a meu ver] a que já assistimos em Game of Thrones e talvez por isso é que foi seleccionado como um dos melhores momentos (ou melhores mortes?).

Após Tyrion Lannister decidir que queria um julgamento por combate, Oberyn Martell, Principe de Dorne, oferece-se para ser o seu herói, ao saber com quem ia lutar. Ele ofereceu-se por uma simples razão: vingar a irmã, Ellia Martell, que foi violada e morta pelo Montanha, com quem lutou na arena.

Depois de lhe espetar uma lança com veneno e de parecer que já o tinha derrotado, Oberyn repete várias vezes que quer que o Montanha diga em voz alta o que fez à sua irmã. E, quando menos se esperou, o Montanha ripostou, deitou Oberyn ao chão e começou a esmagar-lhe a cabeça ao mesmo tempo que descrevia o que tinha feito a Ellia.

No fim, acabou também por cair no chão inanimado. É uma cena para não voltar a ver…

giphy (2).gif

4 – Batalha de Hardhome: Winter is Almost Here

Esta foi das primeiras batalhas pela qual esperávamos desde o início de Game of Thrones e que queremos voltar a ver (muito provavelmente é o que vai acontecer na sétima temporada) e como tal, é um dos melhores momentos. Sim, eu sei que também veio a Battle of Bastards, mas já lá vamos.

Após Jon Snow ir ao encontro dos Wildlings em Hardhome, os White Walkers surpreendem-nos com um ataque. São muitos os que conseguem escapar mas são outros tantos que acabam por cair mortos depois desta batalha. Durante a mesma, Jon Snow consegue matar um White Walker com a sua espada de aço valiriano e, claro, isto deixa todos de boca aberta, mas é o final que nos deixa intrigados. Quando os sobreviventes estão a afastar-se nas suas canoas, o “rei” dos White Walkers surge e olha para Jon Snow ao mesmo tempo que ressuscita todos os mortos, transformando-os naquilo que todos temem.

Geralmente, isto não é um bom sinal, mas ficamos à espera de mais novidades.

giphy (4).gif

5 – Morte de Ned Stark: Outro que perdeu a cabeça

Das primeiras mortes da série e considerada um momento marcante para se perceber o que vinha daí para a frente, porque foi quando se percebeu que George R.R. Martin não estava para brincadeiras.

Chefe da Casa Stark e Mão do Rei Robert Baratheon, Ned Stark foi uma das personagens que sempre puseram a honra acima de tudo, e isso acabou por não ter um bom resultado no fim. Após Ned descobrir que os três filhos legítimos de Robert Baratheon eram, na verdade, de Jaime Lannister (que tinha uma relação incestuosa com a sua irmã Cersei Lannister, mulher de Robert), resolve confrontar a Rainha com isto.

Cersei ordenou a prisão de Ned após Peter Baelish o trair, mas, se confessasse traição, a sua vida era poupada assim como a da sua filha, Sansa Stark, prometida a Joffrey Baratheon, nomeado rei após a morte do seu alegado pai, Robert Baratheon. Ned faz então uma falsa confissão pública, pondo a sua honra de lado, mas Joffrey declarou que devia ser executado e, por isso, foi decapitado na praça pública por Ilyn Payne. A sua cabeça foi colocada em estacas no alto das muralhas.

Coincidência ou não, foi neste momento que toda a gente deve ter começado a odiar o Joffrey. Mas também ele teve a sua paga!! (YESSSSSSSS)

giphy (3).gif

6 – O nascimento dos dragões: Mommy Khaleesi on fire 

Disto sim, ninguém estava à espera também (só quem já leu os livros, claro)! Sabíamos que Aerys II Targaryen, conhecido como o Rei Louco e pai de Daenerys tinha dragões, mas estes tinham sido mortos juntamente com o rei. Mas, ao que parece, estes não estavam completamente extintos.

Quando o seu marido Khal Drogo é ferido em batalha, Daenerys pede a uma feiticeira para usar magia de sangue para o salvar, mas a magia mata o filho que tinha no ventre assim como deixa Khal Drogo num estado catatónico. Ao ver como se encontrava o marido, a Khaleesi sufoca-o com uma almofada.

Como o corpo de Khal Drogo tinha de ser queimado, amarrou a feiticeira ao local onde o corpo de Khal Drogo estava e colocou os três ovos de dragão que lhe tinham sido oferecidos no seu casamento por Illyrio em cima do seu marido. De seguida, ela entra nas chamas e, quando estas se apagam, surge nua com três dragões recém nascidos. Deu-lhes os nomes de Drogon, Viserion e Rhaegal e tornou-se a primeira líder Dothraki feminina.

tumblr_m0o9a65tJ71qjypsdo1_500.gif

7 – Morte de Shireen Baratheon: Como ter o Pior Pai Ever

A quinta temporada foi marcada por muitos momentos mas nunca se viu, na mesma temporada, um homem passar de “Pai do Ano” para “Pior Pai Ever”.

Bem, Stannis Baratheon conseguiu esta proeza quando toma a decisão de sacrificar a filha, Shireen Baratheon, perante o Deus da Luz para que este faça com que a neve derreta e para que eles não morram à fome. Apesar de não vermos Shireen a ser queimada viva, todos nós devemos ter soltado um “Agora já queres saber?!” quando vemos a mãe dela no chão a gritar, assim como deixámos cair uma lagrimazinha, com esta morte.

Agora quem é que vai ensinar o Sir Davos a ler?

shireen2-509.gif

8 – A queda de Bran Stark da torre: I’m like a bird

Não o vimos na quinta temporada mas provou-se na sexta temporada que ele é bastante importante para a história e nesta sétima temporada vamos perceber um bocado o quanto.

Quando conseguiu chegar ao corvo de três olhos dos seus sonhos, que lhe disse “Não vais voltar a andar mas vais voar”, frase que ainda hoje tentamos decifrar (as teorias não são poucas). Bran ficou paraplégico ao subir a uma torre onde apanhou Cersei e Jaime Lannister juntos. Como Cersei não podia deixar que soubessem do caso, disse a Jaime para resolver e este empurrou Bran da torre.

Agora, Bran tenta chegar a todo o custo à Muralha para se tentar reencontrar com os irmãos com a ajuda de Meera, tendo em conta que Hodor morreu a salvá-lo.

bran-stark-1435577513.gif

9 – Tortura de Theon Greyjoy: O Pivete

Ok, temos de concordar: se calhar o Theon merecia que algumas coisas lhe acontecessem depois de fingir que matou os irmãos mais novos de Sansa, mas ninguém merece que essas coisas sejam feitas pelas mãos de Ramsay Bolton.

Ramsay, com o seu lado de louco, castra Theon depois de o torturar durante algum tempo, para além de lhe fazer uma “lavagem cerebral” fazendo com que ele deixe de ser Theon Greyjoy para passar a ser o Reek (Pivete), escravo dele.

Mas a tortura não acabou aí… Mas no final, Ramsay serviu basicamente de comida para cães por isso, teve o que mereceu (também foi um momento digno de top).

tumblr_inline_o0t4a6786q1rr4y54_500.gif

10 – Julgamento de Tyrion Lannister: A ovelha negra da família

E o julgamento de Tyrion Lannister? Que épico.

Este foi acusado pela irmã, Cersei Lannister, de matar o seu rei e sobrinho, Joffrey. Quando Tyrion vê Shae, a sua amante, virar-se contra ele no julgamento, o caso muda de figura. É neste momento que Tyrion se revolta e diz que todos deviam ter sido mortos na batalha contra Stannis e que nunca os devia ter salvado.

Podíamos transcrever tudo o que Tyrion disse naquele julgamento mas fica para verem e reverem:

giphy (5).gif

11 – Reencontro da Sansa e Jon + Batalha dos Bastardos

Desde que Jon se juntou à Night’s Watch que nunca mais viu os meios-irmãos. Acho que para além de Sansa e Aria, antes da morte de Ned, não houve mais irmãos Stark a estarem na mesma sala ao mesmo tempo. Mas a maneira como Sansa e Jon se reencontram é bonito… Como sabemos, a ruiva da família é sempre a mais maltratada vá para onde for e foi isso que aconteceu quando estava nas mãos de Ramsay que a violou. Mas ela consegue fugir com Theon, encontrando Brienne, que a leva a Castle Back para perto de Jon (apanhou-o mesmo depois de ele ressuscitar. Olhem o que seria… Aria e Robb parte II!).

Ramsay quando descobriu isto, prometeu indiretamente a batalha das batalhas a Jon Snow, que ainda tenta fazer desta um combate de um para um, que Bolton rejeita. É nesta batalha que Ramsay revela que está com Rickon e atira uma seta enquanto ele corre para os braços do irmão. Apesar de Jon estar com um número muito inferior de combatentes, vai em frente com toda a pujança para lutar (numa cena épica), coisa que Ramsay não faz.

Quando pensávamos que Jon ia morrer ali encurralado pelo exército dos Bolton, eis que acontece o inesperado. Sansa, tinha ido pedir ajuda a Littlefinger com os soldados do Vale, terra da tia.

E pronto, o resto já sabem: Jon esbofeteia Ramsay e Sansa dá o estupor de comer aos cães. Que bom ter-vos de volta, família Stark.

giphy.gif

12 – Fire and Blood: F* Khaleesi on fire

Já não é a primeira vez que Daenerys faz questão de mostrar quem é que manda aqui. E com o regresso dos Dothraki à sexta da temporada, é importante eles saberem que ela é a Khaleesi deles. Mas para eles, a viúva de um Khal tem de se juntar às outras viúvas no Temple of Dosh Khaleen. Vê-se logo que não conhecem a peça a quem estão a dizer isto. Por isso mesmo, ela chega-se à frente de todos os Khals e jura a pé juntos que é ela que vai liderar os Dothraki que não acharam grande piada, tendo Khal Moro lançado uma ameaça.

Ah ah ah. Ele ameaça-a mas ela é que lhe pega fogo… A ele e a toda a tenda em que eles estavam. E como já sabemos, ela não pode ser queimada pelo fogo e, como tal, surge intocável e completamente nua. E é assim que se arranja mais um exército enorme. Damn giiiirl!

tumblr_o79077YaWe1u034pso6_250.gif

13 – Linhagem de Jon Snow (Tower of Joy): Mommy Issues

Desde o primeiro episódio da primeira temporada que sabemos que Jon Snow é o bastardo de Ned mas na verdade nunca quisémos acreditar realmente que ele era capaz de trair Catelyn com outra mulher. E é na sexta temporada que começamos a ter umas pistas sobre quem é afinal a mãe de Jon Snow.

Numa das visões de Bran, conseguimos ver Ned Stark (muito mais novo) perto da Tower of Joy, onde encontra a sua irmã, Lyanna Stark, numa cama cheia de sangue, à beira da morte. Ela puxa Ned e obriga-o a prometer algo que se Robert Baratheon descobrir o que é, mata-o… mas quem? E é ai que aparece um bebé que, ao termos uma imagem mais perto da cara dele, passa para a cara de Jon Snow. Como se tudo indicasse que aquele bebé e Jon são a mesma pessoa.

Espero que tenhamos mais respostas na sétima temporada sobre esta história!

Baby-Jon-1.gif

14 – Hold The Door! 

Outra morte que ninguém, mas mesmo NINGUÉM, queria. O nosso querido Hodor, a salvar Bran, morreu. E tudo porque Bran decide revisitar uma visão que teve dos White Walkers sem a supervisão do Corvo de Três Olhos e o Night King conseguiu interagir com ele e perceber onde é que ele estava.

É nesta fuga que percebemos também a história de Wylis, nome verdadeiro de Hodor. É díficil de explicar mas parece que o momento em que Hodor salva o Bran (através do warg) está ligado ao passado dele em que, quando era mais novo, cai no chão e começa a gritar incessantemente “Hold the Door!”, que era o que Meera lhe gritava na altura em que se tentavam salvar, até esta frase se transformar em Hodor e o trauma ficar desde então.

hodor-hold-the-door.gif

15 – Old Red Woman

Depois de ter ressuscitado o nosso querido Jon, descobrimos o inimaginável: A Melisandre afinal é uma velha! Basicamente todo aquele corpinho bem feito, cabelos ruivos e beleza “natural” é falso, desaparece tudo mal ela tira o colar que traz sempre consigo.

Parece que é mesmo como dizem: O feitiço vira-se contra o feiticeiro. E imaginem só o que diria Stannis se soubesse disto!!

Old-Melisandre.gif

16 – A explosão verde: A Cersei mandou todos pelo ar!

Oficialmente Cersei, farta e humilhada pelos Faith of the Seven, passa-se de vez. Quando ela e Loras Tyrell iam ser julgados pelos seus pecados, ele confessa-os num ápice mas ela não aparece para o julgamento. Nem o rei e seu filho, Tommen… Porque o Mountain não o permitiu a mando dela. Quando Margaery se apercebe da ausência deles, ela sabe que algo está errado e tenta avisar o High Sparrow mas… it’s a little too late. BUM! Foi tudo pelos ares numa mancha de fumo verde proveniente do Wildfire (um liquido inflamável), que outrora tinha usado contra o exército de Stannis Baratheon.

Quando Tommen vê o que está a acontecer, comete suicidio, vindo a profecia da bruxa sobre o destino de Cersei a comprovar-se. Todos os seus filhos estão oficialmente mortos mas ela é rainha. E o que acontece sobre o comando dela é o que vamos ver nesta sétima temporada.

tumblr_o9eu5odcur1rs79hjo2_500X_35Ug

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s