Get Out: O convidado de honra

Se existem filmes que eu não gosto de ver, são de certeza os de terror. Podem gozar comigo à vontade mas a verdade é que tenho imenso medo de ver estes filmes, especialmente sozinha!

Mas “ganhei coragem” e fui, finalmente, ver o Get Out ao cinema, filme este que tem sido muito bem falado e criticado por esse mundo fora o que me deixou, claro, super curiosa. Mas como é óbvio, não fui sozinha. Acho que me podiam ter avisado que aquele filme era mais comédia do que terror, a menos que rir seja a minha defesa agora.

“Man, I told you not to go in that house.” – Rod

get-out-movie-afrosapiophile-13

O filme conta-nos a história de um jovem negro fotógrafo, Chris (Daniel Kaluuya) que vai conhecer os pais da sua namorada Rose (Allison Williams), apesar do seu melhor amigo Rod (LilRel Howery) o avisar para não ir. Mas mal ele sabia que tinha razão!

Chris estava nervoso porque achava que os pais de Rose não iam reagir bem ao facto de ele ser negro e realmente, os pais dela, Dean (Bradley Whitford) e Missy (Catherine Keener) Armitage, e o seu irmão, Jeremy (Caleb Landry Jones) têm um comportamento um bocado estranho que Chris justifica como eles se estarem a habituar ao facto da filha namorar com ele. E não são os únicos a ter esse comportamento: também os seus dois empregados negros, Georgina e Walter (Betty Gabriel e Lakeith Stanfield) reagem de forma estranha, mas quase como se o corpo deles estivesse ali mas o pensamento deles não.

“If I could, I would have voted for Obama for a third term.” – Dean Armitage

giphy.gif

O que Jordan Peele conseguiu fazer foi basicamente criar uma onda de mistério e suspense à volta de toda a narrativa que aborda o racismo, isto porque, durante o filme todo, estamos com os corações na boca a tentar perceber o que raios se passa naquela família – é tudo tão creepy – e a temer por Chris. É um filme de terror, mas não se compara com um The Conjuring ou Rings. É um terror psicólogico, muito mais virado para o suspense e para o mistério.

Neste filme vemos que há pelo menos duas maneiras de lidar com os negros: vemos o lado da discriminação quando o polícia pede a identificação de Chris, apesar de ser Rose que vai a guiar, após terem ido contra um veado; e vemos de certa forma, os negros a serem invejados (de uma maneira sempre muito bizarra) não só pela família Armitage como pelos seus “amigos” – ler ponto 2 dos [SPOILERS] para perceber a “inveja”.

i_640x398_084916819

Sem dúvida que a curiosidade de Chris o leva longe durante a sua estadia tensa em casa dos pais de Rose. Aliás, acho que ele tem mais curiosidade do que tem medo do que lhe possa vir a acontecer.

Para além da maneira inteligente e perspicaz  como foi feito o filme, a banda sonora ajudou bastante a que fôssemos envoltos no clima de tensão. Não vos posso dizer a minha parte preferida  da BSO sem spoilar!

Durante a parte final do filme, só posso dizer que fiquei de boca aberta porque há toda uma reviravolta na situação mas acho que não se podia esperar outro final deste filme – ler ponto 4 dos [SPOILERS].

Get Out (2017)
Direção:
 Jordan Peele
Argumento: Jordan Peele
Elenco: Daniel Kaluuya, Allison Williams, Bradley Whitford, Catherine Keener,  Caleb Landry Jones, Betty Gabriel, Lakeith Stanfield, LilRel Howery
Duração: 104 min.
Rating: 8,5/10!

[SPOILERS] – não leiam se não viram o filme, of course!

1- É muito interessante ver o método a ser utilizado para controlar os convidados: a hipnose. De modo a curar a vontade de fumar de Chris (ou pelo menos essa é a desculpa usada), Missy faz com que o som da colher a raspar na chávena de chá cause a hipnose dele. Na manhã seguinte, vemos Chris a ligar a Rod a contar o sucedido e há um momento bastante cómico quando Rod diz: “Bruh how you not scared of this, man? Look they could have made you do all types of stupid sh_t. They have you bleeping barking like a dog. Flying around like you a bleeping pigeon looking ridiculous .Or… I don’t know if you noticed. White people love making people sex slaves and sh_t.” 

tumblr_oeoosoOID51qa4l1ko9_540

2- Todo aquele leilão disfarçado de jogo de Bingo é muito bizarro. Mas talvez das partes mais importantes do filme, em que eles licitam Chris para poderem fazer um transplante para o corpo dele. Claro que tinha de ser o cego a ganhar, tendo em conta que já tinha falado com Chris antes. Porém, toda uma cena super estranha e que ficamos a apanhar papéis e a nadar na maionese e só mais tarde é que nos dá o click para o que acabou de acontecer.

3- Desabafo: A partir de agora, não largo o meu telemóvel por nada, porque claramente o flash do telemóvel de Chris ajudou-o bastante na missão de não ser morto por gente estranha.

4- Reacções ao final do filme: era mais do que óbvio que ele ia meter o algodão nos ouvidos. Mas o que vem a seguir… não consegui evitar levar a mão à boca para a tapar. Apresento-vos as minhas reacções ao final e só quem viu o filme vai perceber:

  • OH MEU DEUS, ELE ESTÁ A MATAR O JEREMY!!! DÁ-LHE!!!
  • Que inteligente!!! Matar o homem com o veado!!!! F*ckin Chris, dá cabo deles todos!!
  • Ai a Georgina, que creepy, que medo, aposto que vai avisar os outros.
  • TU NÃO ME AGARRES NESSA CHÁVENA, MISSY!
  • Pumbas, mais um down, siga!
  • MAS O JEREMY AINDA ESTÁ VIVO????? OH BOLAS, É AGORA, TOU A SENTIR QUE É AGORA QUE O CHRIS VAI A VIDA.
  • Não voltes atrás por causa da Georgina. Não voltes atrás.
  • BURRO!!! Agora vais morrer porque não tens carro e a Rose vem aí com uma arma!!
  • B*tch, tás a merecê-las!!!  E como assim avô e avó?? Isto está cada vez mais estranho, se é que é possível.
  • Omg, ele deu um tiro na Rosa!!! e matou-se?? lindo, já gosto dele!!
  • CHRIS, BAZA DAÍ PÁ, NÃO ESTEJAS A VOLTAR ATRÁS PARA A MATAR!!!
  • Damn it, a polícia, depois disto tudo o Chris não pode ir preso…
  • ROD!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
  • “I told not to go in that house” – funny because it’s true. Mas achei mesmo que ias perguntar se ele tinha virado escravo sexual.
  • Fim. Não sei lidar com este filme mas gostei.

2 thoughts on “Get Out: O convidado de honra

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s